» indexaboutmessagelinks
<$BlogDateHeaderDate$>, <$BlogItemDateTime$> >(comment)

<$BlogItemBody$>


« previous
next »
-->

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

I’m everything I’m because you loved me.




Por todas as coisas. Por todo o tempo. Por nós. Pelos corações machucados. E as almas tristes que aos poucos são curadas. Pelas conversas infinitas. Pelos sorrisos. Pelos abraços. Eu tenho uma razão. E um propósito. Um motivo. Um afeto. O mais puro, sincero e verdadeiro sentimento: amor. Um amor único e sem limites. Sem fim. Sem fronteiras, nem barreiras. Sem nada que possa impedir. Que possa mudar. Que possa atingir.
Um amor distinto, completamente. Diferente de todos os outros. Um sorriso diferente de todos os outros. Um abraço diferente de todos os outros. Um beijo diferente de todos os outros.
É algo que vai além de qualquer coisa. Que traz paz e tormento. Frio e calor. Que faz meu corpo tremer em ansiedade horas antes de tocar. Que faz minha cabeça girar e o mundo se silenciar durante o toque delicado dos lábios, e que transforma cada célula do meu corpo em vulcões que entram em erupção com toques estratégicos e calculados.
Cada palavra que sai dos lábios que tem o gosto mais doce que eu já provei, com a voz que eu reconheceria milhas a fio. Cada lágrima que escorre pelo rosto que domina meus sonhos e é meu super herói nos pesadelos a cada singela declaração. Cada ato de paixão desenfreada. Cada mínimo detalhe da relação mais estável e conturbada que um ser humano podia ter. Cada vez que as almas se algemam e esse amor cria raiz e se finca cada segundo mais nos chãos da cidade, debaixo das luzes que iluminam a noite. Que se fincou em frente ao mar. Em cada parte de concreto, terra, piso de toda uma cidade, de todo um país, de todo o mundo.
Tudo isso, tudo aquilo. Tanto coração. Tanto amor. Tanto sentimento. Tanto carinho. Tantos sorrisos. Tanta entrega. Tanta dedicação. Tanta preocupação.
Tanto orgulho um do outro. Tanta convicção de um sentimento intacto que o mar não pode levar, a chuva não pode molhar, o sol não pode queimar. Um sentimento que não deixa margens de duvidas. Que não traz confusão pro coração. Que domina cada segundo do dia e da noite.
Duas almas de destinos traçados. Dois corpos que necessitam do calor um do outro. Dois corações que batendo juntos tornam-se uma bela melodia.
Por todas as lágrimas. Por toda a história. Por todas as “discussões”. Por todas as músicas. Por todas as estações. Por todos os momentos. Por todas as dificuldades. Pelas xícaras de café. Pela cara de sono. Pelas bebidas. Pela sinuca. Pela compreensão. Pelos telefonemas. Pelas declarações. Eu tenho um coração. Que bate descompassado e desesperado. Que anseia pelos beijos. Que necessita do riso. E que reage instantaneamente a uma voz.
O amor de um jeito louco e sem limites. Que supera tudo. Que se renova. O amor verdadeiro, na integra da palavra. Que é verdade. Que traz verdade.
Transformou meus pensamentos, meus desejos, meus quereres, meus sonhos. Trouxe um turbilhão de sentimentos ao meu corpo anestesiado. E proteção para todos os meus medos.  Tornou-se tudo, em tampouco tempo.
É meus olhos quando eu não consigo mais enxergar. E meu sol quando a tempestade toma conta do meu céu. É cada segundo do meu dia. E cada sorriso bonito que nasce no meu rosto. É o amor mais bonito que eu podia pedir.
Por tudo, meu amor. Por cada minuto. Cada segundo. Pelo toque de nossas mãos. E pela proteção que me dá o teu abraço. Pela segurança em seus passos. E a fragilidade de teus sentimentos. Por tudo isso. Que és meu amor mais lindo. Meu amor maior.




2 comentários:

  1. Olá, boa tarde!

    O Blog "Compartilhando Literatura" vem com a proposta de (apenas) compartilhar textos (de todos os generos, de autores conhecidos ou não) com todos os apreciadores da boa leitura.

    Se quiser compartilhar seus textos (ou de um autor que goste) conosco, nos envie, juntamente com o titulo e o link do seu blog, para o contato/email que está no perfil do "Compartilhando Literatura".

    Seu texto será postado junto com o nome/link do seu blog.

    Será um prazer recebe-la (o)!

    Forte Abraço.

    ResponderExcluir
  2. oi fofa, tem selo pra você la no meu blog <3
    http://camilafd.blogspot.com/

    ResponderExcluir