» indexaboutmessagelinks
<$BlogDateHeaderDate$>, <$BlogItemDateTime$> >(comment)

<$BlogItemBody$>


« previous
next »
-->

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

" Eu gosto tanto de você que até prefiro esconder, deixa assim ficar subentendido! " 

São tantas brigas, esculachos, discussões, mal entendidos. A gente não se dá, nossa cabeça não se tromba.. Suas ideias não são as mesmas que as minhas, nossos principios completamente diferentes. Sua frieza não tem como se dar com a minha, sua indiferença não tem como se moldar com a minha. Iguais? Pode ser, por isso, talvez, seja uma convivência tão dificil.
Me xinga, diz que não valho nada... Mas me ama, eu sei que ama.
Te xingo, esculacho, brigo, mas eu te amo, e sei que você sabe disso.
Não peço perdão, porque não me arrependo de uma só palavra... Mas você tem que ter consciência que independente do que eu diga, do que você faça, do que eu não aceite, do que você seja... Você é a melhor pessoa do mundo, é meu herói, meu super pai.
Comecei isso um mês antes do dia de hoje... Para poder dizer exatamente o que penso e passar exatamente o que quero passar.
Ah, pai, você está ficando velho.. Quarenta anos nas costas! E nem parece... Tão disposto, tão estressado, tão engraçado, tão Joseli.
Eu tenho muita dificuldade em conversar contigo, mas eu tenho vontade... Eu tenho muita dificuldade em expressar meu sentimentos por ti, mas hoje tô tentando.
Eu te admiro, acho super o fato de você nunca ficar parado, evoluir sempre, pensar no futuro e ser tão calmo, eu acho isso o máximo. Pena que não sou assim; 
Uma coisa: quanto mais eu xingo, mais eu amo, quanto mais eu esculacho, mais é amor. Eu juro! Eu sou assim.
Eu sei que você quer o meu melhor, por isso me diz tanta coisa... Pode dizer, mas eu não vou aceitar, e já aprendi que não adianta discutir, só queres o meu melhor.
É estranho para mim falar coisas assim pra ti, jogar meu coração na mesa e te entregar uma faca para vasculhar e ver teu nome gravado em grande parte dele.
Sabia que eu tenho vontade de te abraçar de vez em quando, e dizer que te amo?
Sabia que eu fico feliz quando você chega do trabalho, mesmo que eu saiba que passados alguns minutos já virá me encher o saco?
É tudo uma mascára, eu gosto de você.
Sabia que quando você viajou pra Roraima, no primeiro dia eu chorei? Ninguém viu isso, ninguém sabe disso, nem minha mãe.
E quando você foi embora de casa, eu tive febre porque segurei o choro até não poder mais.
Eu não aceito suas atitudes, o modo como você age com minha mãe, mas não posso fazer nada... Eu, bom, preciso de você.

" Pode até parecer fraqueza, mas que seja fraqueza então...
 A alegria que me dá, isso vai sem eu dizer (...) "

É incondicional, assim como o seu sentimento por mim. É gigante, grande, forte. É tudo pra mim. Um super herói, de verdade.
Eu sei tudo o que já passou na sua vida, eu sei tudo o que já aconteceu e te admiro por ser tão forte, por ter sempre aguentado todas as barreiras.
Lembra de quando eu era criança e não te largava por nada?
Lembra das cartinhas em dia dos pais?
Eu lembro disso tudo. Eu amo você, apesar de tudo.

"Ei pai olhe para mim
Pense no passado e me diga
Eu cresci de acordo com os seus planos?
E você pensa que eu estou desperdiçando o meu tempo fazendo coisas que eu gosto de fazer?
Mas machuca quando você desaprova tudo
E agora tento ficar bem
Eu apenas queria fazer você se sentir orgulhoso
Eu nunca serei boa o suficiente pra você
Eu não consigo fingir que
Eu estou bem
E você não pode me mudar"

Só não posso ser perfeita. Isso não!
Mas até ai, nada pode mudar as coisas que você disse.. Mas não vire as costas, eu estou aprendendo que não pode ser tão dificil apenas falar com você.
Nunca é tarde demais, um dia você ainda se sentirá orgulhoso de mim. Amar é admirar, eu admiro... É capaz de me admirar?
E eu amo, eu amo você... Com todas as forças que tenho dentro de mim.
Feliz aniversário, papai.





Sua Barbara. Sua menina.







# era pra eu ter entregado essa carta pro meu pai no dia do aniversário dele, mas haviam acontecido coisas que me fizeram ser obrigada a mostrar força. Mas eu o amo, de todos os jeitos possiveis. 

Um comentário:

  1. q lindo !
    eu acho q conheço uma situação parecida :\

    ResponderExcluir